BrasilÚLTIMAS NOTÍCIAS

Polícia afirma que menina de 11 anos não foi estuprada por 14 homens

Em novo depoimento à Polícia Civil, ela afirmou ter mentido sobre ser estuprada por 14 homens.

Um dos assuntos mais comentados em todo o Brasil, nesta segunda-feira (23), foi o caso da menina de 11 anos que teria sido estuprada por 14 homens em um baile funk na cidade de Praia Grande, litoral sul do estado de São Paulo. 


A notícia passou a ser divulgada por diversos veículos de comunicação durante a tarde e à noite foi comprovado que tudo não passou de invenção. Sim, a menina inventou a história do estupro para não brigar com uma amiga.

 

O falso crime teria acontecido na quarta-feira (18), mas o boletim de ocorrência só foi registrado no domingo (22). A garota compareceu à delegacia com uma mulher. Ela informou que havia sido expulsa de casa pela mãe.

 

Ninguém percebeu, mas essa foi a primeira mentira da garota. Logo depois, foi constado pelo Conselho Tutelar que a mãe da menina estava internada em um hospital de Praia Grande.

 

Exame no IML

 

Depois que registrou o boletim de ocorrência, a menina foi examinada por uma médica e teria sido constatado que ela havia mantido relações sexuais. No momento em que todos acreditavam na garota, a dúvida era saber se os homens usaram ou não preservativo. Mas tudo não passava de mentira.

 

Durante a noite, a menina deu novo depoimento à Polícia Civil e afirmou que inventou a história para não brigar com uma amiga. “Não aconteceu nada. Não existiu estupro coletivo. Em depoimento, ela admitiu que inventou a história para evitar que apanhasse de uma amiga”, afirmou o delegado Carlos Henrique

Fogolin de Souza, em entrevista ao site G1.

 

O Instituto Médico Legal (IML) realizou um exame que constatou que não houve abuso sexual. A falsa vítima do crime de estupro deve continuar sob cuidados do Conselho Tutelar de Praia Grande. Algumas perguntas ainda necessitam de respostas por parte das autoridades que investigam o caso para que ele fique totalmente esclarecido.

Leia Também

Tags

Related Articles

error: Conteúdo Protegido!
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker