Ciência e SaúdeVIDA E ESTILO

Febre Amarela: mais de 340 brasileiros morreram em um ano por causa da doença

De acordo com as informações, houve mais de mil casos confirmados de pessoas com a doença, das quais 342 não resistiram e morreram.

Em evidência durante aproximadamente dois anos, a incidência de febre amarela teve como consequência 342 mortes confirmadas entre julho de 2017 e abril de 2018. Segundo informações do Ministério da Saúde, o número de casos aumentou em relação à 2016: atualmente se tem uma média de 54,8%. No Brasil, 1.157 pessoas foram diagnosticadas com a doença em detrimento de 733 casos que foram registrados em um levantamento de dados anterior. 

 

A maioria dos casos tem sido percebida na região Sudeste, onde não tinha constante circulação do vírus. Somente um caso foi notificado fora da região, em Brasília, localizada no Centro-Oeste. No dia 3 de abril deste ano, o Ministério da Saúde havia notificado quase 330 mortes por febre amarela. No entanto, não é possível haver uma confirmação oficial de que o número de mortes elevou em relação ao período atual, pois as notícias das mesmas podem levar um determinado tempo para serem confirmadas, podendo durar mais de uma semana. 

 

O Ministério da Saúde também revelou que os homens são os mais afetados pela doença. De acordo com as informações, por estarem mais vulneráveis em ambientes de trabalho, acabam ficando mais expostos. Foram confirmados 956 casos da patologia em homens, enquanto as mulheres representam um total de 201 casos. 

 

Vale ressaltar que o ministério continua realizando a vacinação contra a febre amarela. A vacinação tem sido feita em 77 municípios localizados nos estados da Bahia, São Paulo e Rio de Janeiro. Na última quinta-feira (19/04), ela chegou a ser feita em metrôs de São Paulo, mas continua sendo realizada nos postos de saúde. Em março deste ano, por conta da doença, quase 30 parques localizados em São Paulo chegaram a ser fechados para evitar a contaminação. O fato aconteceu após um macaco infectado pela doença ser encontrado morto na região.

Leia Também

Tags

Related Articles

error: Conteúdo Protegido!
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker